...

...
Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios. Salmos 37.7


E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus. Filipenses 4:7


caixinha de promessas

27/01/17

PASSANDO PELO VALE

Isaías 60.1 Levanta-te, resplandece, porque é chegada a tua luz, e é nascida sobre ti a glória do Senhor.
Passamos às vezes por dificuldades de tal ordem, que quando menos esperamos, estamos no fundo do vale. São as tribulações, as desilusões, as frustrações, a falta de confiança no Senhor Jesus, de perseverança, de paciência para aguardar a resposta de Deus às orações, enfim, há tantos motivos, que concerteza algum deles se enquadra na vida de qualquer uma de nós.
São tempos de angustia, aperto no coração, cansaço de tudo. Apetece desistir. São tempos em que choramos na presença do Senhor, esperando o seu consolo, esperando ouvir a sua voz, mas parece que até as nossas orações não passam do lugar em que nos encontramos.
É grave quando nos encontramos nessa situação, e deixamos o diabo fazer o que quer dos nossos pensamentos, das nossas emoções, e é muito fácil nos deixarmos cair cada vez mais fundo, sem inércia para levantar a cabeça. E ali estamos, clamando, chorando, esperando no Senhor, e sem fazer mais nada.
Mas é tempo de tomar uma atitude. Levantar a cabeça, olhar para cima, não ficar só clamando pela misericórdia do Senhor. É tempo de terminar com as lamúrias, com a auto-compaixão, e tomar uma decisão.
Jesus não gosta de nos ver sofrendo.  Não foi para sermos derrotados que Ele deu a sua vida. Temos tribulações, é certo, a Palavra de Deus mesmo nos alerta para isso, mas as batalhas são para serem vencidas e nós somos mais que vencedores  (Romanos 8.37), não pelos nossos méritos, mas porque Jesus está à frente do combate, pelejando por nós.
Quando estamos no vale, Jesus está lá também. Jesus está lá porque Ele prometeu nunca nos abandonar. Estejas tu onde estiveres, Jesus está também. "Não te deixarei nem te desampararei, diz o Senhor" (Hebreus 13.5). Jesus esta lá para cuidar de nós. Mesmo nas horas mais amargas, em que nem ouvimos a voz de Deus, nem nos lembramos de nenhuma passagem bíblica que nos possa sustentar naquela hora, e até nos parece que Deus está bem distante, apesar de tudo isso, Jesus está lá. Ele está lá para nos segurar no seu colo, para nos aconchegar, nos dar conforto, nos consolar. Embora não sintamos o seu colo, isso não significa que não estamos nele. É o colo de Jesus que nos sustém quando passamos pelo vale.
Também está com a sua tolerância. Quando passa pelo nosso pensamento que Jesus nos abandonou, que já não se interessa connosco, nem se lembra que existimos, nesses momentos Jesus compreende e é tolerante connosco. Ele sabe que estamos passando por dificuldades. E sabe que apesar de estarmos desiludidas, abatidas, angustiadas, desfalecendo, e que por esses motivos temos certos pensamentos e dúvidas, Ele nos compreende.
Nada disso é novo para Jesus, porque também Ele – quando homem – passou por dificuldades idênticas. Ele sabe o que é ser abandonado. Além dos seus amigos, que o abandonaram quando ele 

0 Comentários:

Enviar um comentário