Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios. Salmos 37.7


E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus. Filipenses 4:7


caixinha de promessas

26/03/09

O NOSSO GETSEMANI


“Antes de ir à cruz, Jesus tomou ao seu círculo mais íntimo (Pedro, Jacob e João), e levou-os consigo a montanha, ali pediu-lhes que orassem por Ele. Jesus orou e transpirou gotas de sangue e clamou ao Pai que, se fosse possível, passasse esse cálice de Ele.
E quando ele voltou para onde estavam os discípulos, achou-os a dormir; ele voltou a pedir que orassem porque estava muito angustiado e regressou para orar, mas quando de novo voltou, eles dormiam. Jesus chegou perto deles novamente e lhes disse: Descansai, já vem aquele que me entrega. Nesse instante chegou Judas com um grupo de soldados e beijou-lhe, então Jesus disse-lhe: O que fazes?
Levaram-no preso e os seus discípulos saíram fugindo; foi cuspido, açoitado, sacrificado, crucificado e morto, mas ao terceiro dia ressuscitou, e hoje está vivo para todo sempre e o adoramos.
Na pior hora da minha vida, sempre, estarei sozinho.
As pessoas irão te acompanhar até o Getsemane, mas haverá um momento difícil da tua hora que estarás sozinho; na tua hora mais difícil, nunca ninguém te acompanhará, estarás só.
Até poderás pensar: "No meu pior momento, ninguém me ligou", "quando mais precisei, ninguém esteve comigo".
Por isso, quando Jesus compreendeu que esse era o seu pior momento, disse aos discípulos: "Descansai".
A pior hora podes passar sozinho mas quando chegue a ressurreição, a glória não será de ninguém se não só de Deus que te acompanhou sempre.
E quando saíres da prova não digas: "Isto não foi porque alguém me ajudou se não porque Jeová esteve comigo."
Jesus não deixou que o seu coração fosse ferido por Pedro, Jacob ou João; percebeu que devia passar sozinho, para que a glória fosse do Pai».

Fonte desconhecida.

0 Comentários:

Enviar um comentário