Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios. Salmos 37.7


O que ama a pureza do coração, e que tem graça nos seus lábios, terá por seu amigo o rei. Provérbios 22:11

AS DEZ PRAGAS E SEUS SIGNIFICADOS

  • 1.ª - As águas do rio Nilo – de água para sangue:
    Esta, como todas as pragas seguintes tinham um porquê, uma razão de ser. O Nilo era o rio sagrado dos egípcios. Pra termos uma idéia e proporção do que estamos começando a falar agora, veja bem que, não haveria o Egito, disse o historiador Heródoto: “O Egito é um presente do Nilo”. Mas esse rio era mera criação de Deus, e não um deus em si mesmo. Segundo a crença dos egípcios, “Isis e Osires”, deuses do Egito, abençoavam as colheitas de cereais às margens do Nilo. Mas parece que não teve mesmo jeito, o verdadeiro Deus contamina as águas do Nilo, e pelo que tudo indica( livro de Ex.7: 14 ao 18)estes deuses de araqui não puderam fazer nada...... E agora José para onde. É melhor colocarmos os dois na sacola de lixo e jogar fora......

    2.ª A praga das rãs:
    Na chamada mitologia egipéia, “Ator” era o deus sagrado que evitava a devastação das plantações por pragas. Diziam que o semblante deste deus seria grotesco, feio, teria a cara de um sapo. Mas o Deus verdadeiro, com o verdadeiro poder lindo e maravilhoso, cheio de amor e carinho, zomba dos deuses do Egito. Agora o deus que os “protegia” das pragas, agora se torna, ele mesmo, uma praga a incomodar os idólatras...... É mais uma vez é melhor pegar esse sapo e jogar no lixo.

    3.ª A praga dos piolhos:
    Quando adolescente tive piolhos, é simplesmente horrível, tive na época que colocar remédio pra matar piolhos e ainda por cima coloquei uma touca de meia-calça de minha mãe e dormir com aquilo durante uma noite toda; é uma coceira e tanta. Agora imagine todo um povo cheio daquilo que eles idolatravam como deus que por sua vez se chamava “Sebe”- “o deus da terra”. Os egípcios acreditavam que este deus trazia fertilidade ao solo do Egito. Mas nós todos sabemos quem é o verdadeiro Deus da terra. É gente parece que teremos que jogar este deus Sebe no lixo também.

    4.ª A praga das moscas:
    Esse suposto deus tinha o nome de “Escar”, o deus das moscas. Esse inseto era abundante no Egito, e trazia doenças, mas eles acreditavam que esse deus os livrava dessas doenças – Leia em Ex. 8:20 (e 21). Esse então não vale nem a pena falar muito, e parece que este também vai ter que ser jogado na lata do lixo.

    5.ª A peste dos animais:
    Mais uma vez, o verdadeiro Deus envergonha mais um deus do Egito de nome “Apis”, o deus que, segundo criam os egípcios que protegia os rebanhos. Era o “deus-boi”. Muito cuidado aí pessoal que gosta desse tal de boi-bumbá, amazonenses cuidado, ele vem do Egito pagão para o Brasil cheio de “inocência”, e se encaixa em um de nossos Estados e se alastra – cuidado!!!
    Na verdade o ideal mesmo é também jogar tudo isso na lata do lixo, todos nós sabemos que não presta, é só idolatria.

    6.ª A praga das úlceras:
    Aqui o verdadeiro Deus, começa a atingir diretamente os corpos dos egípcios. Imagine a dor e o sofrimento desse povo. Leia em Ex.9:8 ao 11. Os tumores que se arrebentavam em úlceras terríveis sobre todo o povo, era algo de sobre-natural, e também sobre os animais. Agora onde estava o deus chamado de “Tifon”. Mais uma vez, o deus dos egípcios se escondeu. O verdadeiro Deus, mais uma vez envergonhou a idolatria. Os egípcios acreditavam que este deus curava doenças bem como úlceras e coisas parecidas. É excelente também jogar na lata do lixo.

    7.ª A praga de saraiva:
    Saraiva é o mesmo que chuva de pedras. No Egito, uma nação cheia de deuses, havia uma deusa considerada a “deusa da atmosfera”(Ex.9:15 ao 23). Aqueles que atenderam a ordem que Deus dera a Moisés e guardando os seus rebanhos antes da saraiva cair sobre todo o campo, conseguiram alcançar a salvação de seus rebanhos, mas os que não obedeceram perderam todo o seu rebanho. É mais uma vez, Deus envergonhou a atmosfera de idolatria existente no Egito....é excelente também jogar tudo na lata do lixo.

    8.ª A nuvem de gafanhotos:
    As pragas de gafanhotos já aconteciam no mundo. Por isso, eles sentiriam pavor, grande pavor pelo que veriam agora. Eles tinham um outro “deus” de nome “Serápia”. Mas Deus vem para humilhar esse deus e envergonhar os seus adoradores, destruindo as plantações. Nada assola mais o homem do campo do que ver a sua plantação destruída. Nada! Leia Ex. 10:1 ao 6.Faraó ficou desesperado, rapidamente manda chamar a Moisés e Arão, se humilha diante dos seus servos e já pede a eles que saíssem do Egito com seu povo. Bom depois dessa, o legal mesmo é pegar mais essa idolatria e jogar na lata do lixo, mais um deus envergonha e derrotado(demônios disfarçados na mente de cada pessoa).

    9.ª A praga das trevas:
    O Egito tinha um outro deus, o “deus-sol”, chamada”Ra”. O povo egípcio pensava que a luz vinha desse deus. Mas Deus humilhou essa falsa divindade e envergonhou todos os que nele criam. Ex.10:21 ao 23 – Esse eu faço questão de escrever aos irmãos para que leiam e vejam o que acontece àqueles que se guardam pro Senhor, leia: Então disse o Senhor a Moisés: Estende a mão para o céu, para que haja trevas sobre a terra do Egito, trevas que se possam apalpar.
    Estendeu, pois, Moisés a mão para o céu, e houve trevas espessas em toda a terra do Egito por três dias.
    Não se viram uns aos outros, e ninguém se levantou do seu lugar por três dias; mas para todos os filhos de Israel havia luz nas suas habitações.
    Simplesmente tremendo!!!! O tal de deus-sol, esqueceu de pagar a conta do gás e deve ter sido apagado, pois ele não apareceu para iluminar o seu povo, o povo que cria nele....bom, vamos jogar mais este na lata do lixo.

    10.ª A morte dos primogênitos:
    Aos poucos, Deus foi humilhando os deuses do Egito, e quem foi esperto pode testificar que não existia outro senão o Deus de Moisés e de Arão. Mas, agora, ele tocaria num “deus” particular daquela nação: Faraó, o próprio. E a forma de tocar em faraó seria tocando no seu filho, pois o menino seria, naturalmente, o seu sucessor no trono. Mas o juízo de Deus iria mais adiante. E em todas as casas dos egípcios havia pranto, pois os seus primogênitos, de homens e animais, estavam, agora, mortos. A última humilhação de Deus viera, agora, sobre o trono do próprio faraó.
    Já nas outras casas, digo, nas casas do povo do grande Jeová, existia a marca do sangue do cordeiro, já simbolizando a marca que cada um de nós teríamos que obter, pois, este sangue esta para todo aquele que nele crer. O mundo em sua maior parte é como o antigo e porque não dizer o atual Egito; são idólatras quantos não crêem que imagem de Maria, ou a de Pedro, ou a de João, ou a de Paulo, ou a de etc...Pode fazer alguma coisa por elas, mas na verdade são como os deuses da antiguidade, nada podem fazer; leiam por favor:
    1) A grande verdade:
    - E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos.
    Então eles, vendo a intrepidez de Pedro e João, e tendo percebido que eram homens iletrados e indoutos, se admiravam; e reconheciam que haviam estado com Jesus (Atos 4: 12 e 13). E leiam mais ainda, vejam o que Deus fala mais ainda:
    - SALMOS 115 - vers-1 ao 9.
    Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade.
    Por que perguntariam as nações: Onde está o seu Deus?
    Mas o nosso Deus está nos céus; ele faz tudo o que lhe apraz.
    Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos do homem.
    Têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem;
    Têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram;
    Têm mãos, mas não apalpam; têm pés, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
    Semelhantes a eles sejam os que fazem, e todos os que neles confiam.
    Confia, ó Israel, no Senhor; ele é seu auxílio e seu escudo.
    2) Deus te mostrando como proceder corretamente:
    Bom, é melhor jogar estas imagens e a adoração a elas também na lata do lixo, pois só o Senhor é Deus. Como irei orar ou fazer uma prece a quem tem boca, mas não fala; logo não vai me responder Como irá me ver e me reconhecer como a um filho dele, se tem olhos feitos pelas mãos de homens e com isso não enxergam; como irei levar minha oração a quem tem ouvidos mais não ouve, logo não conseguirá me escutar e como irá me responder?!?!?.
    Como irá me segurar e me levar a lugares seguros, se não tem mãos que me apalpem e pés que me levem a algum lugar; e que tipo de orientação me darão se som algum saem de suas gargantas!?!?!?!
    Lata do lixo, felizmente!!!! É que existe um Deus todo poderoso, e que nos ama verdadeiramente; neste posso confiar. E ele tem um nome que esta acima de todo e qualquer nome, a saber, Jesus Cristo, o que morreu para que eu e você tivéssemos vida e vida com abundância.
    No amor de Cristo.
    Paulo Rosa - Rio de Janeiro.
    (Para que o mal triunfe, basta que todos sejam idólatras, e os bons façam nada)

    Fonte: http://mundoparacristobiblio.blogspot.com/

  • 1.ª - As águas do rio Nilo – de água para sangue:
    Esta, como todas as pragas seguintes tinham um porquê, uma razão de ser. O Nilo era o rio sagrado dos egípcios. Pra termos uma idéia e proporção do que estamos começando a falar agora, veja bem que, não haveria o Egito, disse o historiador Heródoto: “O Egito é um presente do Nilo”. Mas esse rio era mera criação de Deus, e não um deus em si mesmo. Segundo a crença dos egípcios, “Isis e Osires”, deuses do Egito, abençoavam as colheitas de cereais às margens do Nilo. Mas parece que não teve mesmo jeito, o verdadeiro Deus contamina as águas do Nilo, e pelo que tudo indica( livro de Ex.7: 14 ao 18)estes deuses de araqui não puderam fazer nada...... E agora José para onde. É melhor colocarmos os dois na sacola de lixo e jogar fora......

    2.ª A praga das rãs:
    Na chamada mitologia egipéia, “Ator” era o deus sagrado que evitava a devastação das plantações por pragas. Diziam que o semblante deste deus seria grotesco, feio, teria a cara de um sapo. Mas o Deus verdadeiro, com o verdadeiro poder lindo e maravilhoso, cheio de amor e carinho, zomba dos deuses do Egito. Agora o deus que os “protegia” das pragas, agora se torna, ele mesmo, uma praga a incomodar os idólatras...... É mais uma vez é melhor pegar esse sapo e jogar no lixo.

    3.ª A praga dos piolhos:
    Quando adolescente tive piolhos, é simplesmente horrível, tive na época que colocar remédio pra matar piolhos e ainda por cima coloquei uma touca de meia-calça de minha mãe e dormir com aquilo durante uma noite toda; é uma coceira e tanta. Agora imagine todo um povo cheio daquilo que eles idolatravam como deus que por sua vez se chamava “Sebe”- “o deus da terra”. Os egípcios acreditavam que este deus trazia fertilidade ao solo do Egito. Mas nós todos sabemos quem é o verdadeiro Deus da terra. É gente parece que teremos que jogar este deus Sebe no lixo também.

    4.ª A praga das moscas:
    Esse suposto deus tinha o nome de “Escar”, o deus das moscas. Esse inseto era abundante no Egito, e trazia doenças, mas eles acreditavam que esse deus os livrava dessas doenças – Leia em Ex. 8:20 (e 21). Esse então não vale nem a pena falar muito, e parece que este também vai ter que ser jogado na lata do lixo.

    5.ª A peste dos animais:
    Mais uma vez, o verdadeiro Deus envergonha mais um deus do Egito de nome “Apis”, o deus que, segundo criam os egípcios que protegia os rebanhos. Era o “deus-boi”. Muito cuidado aí pessoal que gosta desse tal de boi-bumbá, amazonenses cuidado, ele vem do Egito pagão para o Brasil cheio de “inocência”, e se encaixa em um de nossos Estados e se alastra – cuidado!!!
    Na verdade o ideal mesmo é também jogar tudo isso na lata do lixo, todos nós sabemos que não presta, é só idolatria.

    6.ª A praga das úlceras:
    Aqui o verdadeiro Deus, começa a atingir diretamente os corpos dos egípcios. Imagine a dor e o sofrimento desse povo. Leia em Ex.9:8 ao 11. Os tumores que se arrebentavam em úlceras terríveis sobre todo o povo, era algo de sobre-natural, e também sobre os animais. Agora onde estava o deus chamado de “Tifon”. Mais uma vez, o deus dos egípcios se escondeu. O verdadeiro Deus, mais uma vez envergonhou a idolatria. Os egípcios acreditavam que este deus curava doenças bem como úlceras e coisas parecidas. É excelente também jogar na lata do lixo.

    7.ª A praga de saraiva:
    Saraiva é o mesmo que chuva de pedras. No Egito, uma nação cheia de deuses, havia uma deusa considerada a “deusa da atmosfera”(Ex.9:15 ao 23). Aqueles que atenderam a ordem que Deus dera a Moisés e guardando os seus rebanhos antes da saraiva cair sobre todo o campo, conseguiram alcançar a salvação de seus rebanhos, mas os que não obedeceram perderam todo o seu rebanho. É mais uma vez, Deus envergonhou a atmosfera de idolatria existente no Egito....é excelente também jogar tudo na lata do lixo.

    8.ª A nuvem de gafanhotos:
    As pragas de gafanhotos já aconteciam no mundo. Por isso, eles sentiriam pavor, grande pavor pelo que veriam agora. Eles tinham um outro “deus” de nome “Serápia”. Mas Deus vem para humilhar esse deus e envergonhar os seus adoradores, destruindo as plantações. Nada assola mais o homem do campo do que ver a sua plantação destruída. Nada! Leia Ex. 10:1 ao 6.Faraó ficou desesperado, rapidamente manda chamar a Moisés e Arão, se humilha diante dos seus servos e já pede a eles que saíssem do Egito com seu povo. Bom depois dessa, o legal mesmo é pegar mais essa idolatria e jogar na lata do lixo, mais um deus envergonha e derrotado(demônios disfarçados na mente de cada pessoa).

    9.ª A praga das trevas:
    O Egito tinha um outro deus, o “deus-sol”, chamada”Ra”. O povo egípcio pensava que a luz vinha desse deus. Mas Deus humilhou essa falsa divindade e envergonhou todos os que nele criam. Ex.10:21 ao 23 – Esse eu faço questão de escrever aos irmãos para que leiam e vejam o que acontece àqueles que se guardam pro Senhor, leia: Então disse o Senhor a Moisés: Estende a mão para o céu, para que haja trevas sobre a terra do Egito, trevas que se possam apalpar.
    Estendeu, pois, Moisés a mão para o céu, e houve trevas espessas em toda a terra do Egito por três dias.
    Não se viram uns aos outros, e ninguém se levantou do seu lugar por três dias; mas para todos os filhos de Israel havia luz nas suas habitações.
    Simplesmente tremendo!!!! O tal de deus-sol, esqueceu de pagar a conta do gás e deve ter sido apagado, pois ele não apareceu para iluminar o seu povo, o povo que cria nele....bom, vamos jogar mais este na lata do lixo.

    10.ª A morte dos primogênitos:
    Aos poucos, Deus foi humilhando os deuses do Egito, e quem foi esperto pode testificar que não existia outro senão o Deus de Moisés e de Arão. Mas, agora, ele tocaria num “deus” particular daquela nação: Faraó, o próprio. E a forma de tocar em faraó seria tocando no seu filho, pois o menino seria, naturalmente, o seu sucessor no trono. Mas o juízo de Deus iria mais adiante. E em todas as casas dos egípcios havia pranto, pois os seus primogênitos, de homens e animais, estavam, agora, mortos. A última humilhação de Deus viera, agora, sobre o trono do próprio faraó.
    Já nas outras casas, digo, nas casas do povo do grande Jeová, existia a marca do sangue do cordeiro, já simbolizando a marca que cada um de nós teríamos que obter, pois, este sangue esta para todo aquele que nele crer. O mundo em sua maior parte é como o antigo e porque não dizer o atual Egito; são idólatras quantos não crêem que imagem de Maria, ou a de Pedro, ou a de João, ou a de Paulo, ou a de etc...Pode fazer alguma coisa por elas, mas na verdade são como os deuses da antiguidade, nada podem fazer; leiam por favor:
    1) A grande verdade:
    - E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos.
    Então eles, vendo a intrepidez de Pedro e João, e tendo percebido que eram homens iletrados e indoutos, se admiravam; e reconheciam que haviam estado com Jesus (Atos 4: 12 e 13). E leiam mais ainda, vejam o que Deus fala mais ainda:
    - SALMOS 115 - vers-1 ao 9.
    Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade.
    Por que perguntariam as nações: Onde está o seu Deus?
    Mas o nosso Deus está nos céus; ele faz tudo o que lhe apraz.
    Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos do homem.
    Têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem;
    Têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram;
    Têm mãos, mas não apalpam; têm pés, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
    Semelhantes a eles sejam os que fazem, e todos os que neles confiam.
    Confia, ó Israel, no Senhor; ele é seu auxílio e seu escudo.
    2) Deus te mostrando como proceder corretamente:
    Bom, é melhor jogar estas imagens e a adoração a elas também na lata do lixo, pois só o Senhor é Deus. Como irei orar ou fazer uma prece a quem tem boca, mas não fala; logo não vai me responder Como irá me ver e me reconhecer como a um filho dele, se tem olhos feitos pelas mãos de homens e com isso não enxergam; como irei levar minha oração a quem tem ouvidos mais não ouve, logo não conseguirá me escutar e como irá me responder?!?!?.
    Como irá me segurar e me levar a lugares seguros, se não tem mãos que me apalpem e pés que me levem a algum lugar; e que tipo de orientação me darão se som algum saem de suas gargantas!?!?!?!
    Lata do lixo, felizmente!!!! É que existe um Deus todo poderoso, e que nos ama verdadeiramente; neste posso confiar. E ele tem um nome que esta acima de todo e qualquer nome, a saber, Jesus Cristo, o que morreu para que eu e você tivéssemos vida e vida com abundância.
    No amor de Cristo.
    Paulo Rosa - Rio de Janeiro.
    (Para que o mal triunfe, basta que todos sejam idólatras, e os bons façam nada)

    Fonte: http://mundoparacristobiblio.blogspot.com/

musichutch

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites